10 curiosidades sobre o umbigo.

O umbigo é uma parte do corpo que geralmente recebe pouca atenção. Ele está ali, sem incomodar. Na maioria das vezes, você não sabe muito mais sobre o umbigo do que o cordão umbilical e como ele é cortado após o nascimento.

Veja aqui 10 fatos divertidos (e surpreendentes) sobre o umbigo: 

1) É a nossa primeira cicatriz.

 

Ein Beitrag geteilt von Luigi (@lclavarino) am

Ainda que você não se lembre do seu nascimento, o umbigo é um remanescente do nosso tempo no útero. Depois do parto, o cordão umbilical não é mais necessário, já que o bebê será amamentado pela mãe. A conexão entre mãe e filho é cortado logo após o nascimento, deixando assim a nossa primeira cicatriz. 

2) Houve debates sobre ele.

pinjeannie

Ainda que o umbigo não esteja em pauta nos dias de hoje, ele era foco de discussões ardentes no passado. Algumas pessoas diziam que um umbigo à mostra - especialmente em mulheres - era provocante demais e, portanto, só deveria ser mostrado entre quatro paredes. Essa crença levou, por exemplo, a atriz Barbara Eden, em seu papel em "Jeannie é um Gênio" (meados dos anos 1960), a cobrir o umbigo com sua fantasia que mostrava quase toda a barriga.

3) Algumas pessoas não têm umbigo...

 

Ein Beitrag geteilt von Crystal (@crystal85) am

Ainda que todo bebê tenha um cordão umbilical, há pessoas que não têm um umbigo. A razão para isso é a chamada hérnia umbilical, na qual o intestino sai da cavidade abdominal através do umbigo. Essa doença fatal requer um procedimento cirúrgico no qual o umbigo é "removido" ou costurado.

4) ...mas os golfinhos têm.

Assim como os humanos, os golfinhos também têm umbigo. Isso porque eles também são mamíferos que dão à luz os filhotes vivos. Depois do nascimento, o cordão umbilical é mordido pela mãe e o resto permanece, ou seja, um umbigo.

5) A maioria dos bebês tem umbigo "para fora". 

A maioria dos bebês tem um umbigo "para fora". Quanto mais velha a criança se torna, mais o umbigo cresce para dentro e cicatriza. Somente uma fração de pessoas mantém o umbigo para fora. Mesmo em mulheres grávidas que na verdade têm um umbigo para dentro, você pode observar que o umbigo "aparece" ao longo da gravidez para fora.

6) É possível aumentar os seios através do umbigo.

Barbie

O que o umbigo tem a ver com os seios? A resposta é simples: estética. Muitas mulheres querem aumentar os seios sem ficar com as cicatrizes da operação. Então, os cirurgiões plásticos desenvolveram um método em que os implantes são colocados através de um corte acima da abertura do umbigo. 

7) Todo mundo tem sujeira no umbigo. 

Todo mundo conhece bem isto e todos odeiam: um monte de sujeira, geralmente um tufo, sendo puxado para fora do umbigo. O motivo pelo qual tanta sujeira pode ser encontrada ali é a localização do umbigo. Roupas, cabelos e poeira podem se acumular perfeitamente na dobra umbilical ao longo do tempo. No caso de falta de higiene, elas se combinam em caroços e podem até levar à inflamação. Mas se você lavar o umbigo enquanto toma banho regularmente, você rapidamente se livrará desses restos.

8) É possível fazer arte com essa sujeira.

Ok, na verdade, nem todo mundo odeia a sujeira dentro do umbigo. Há artistas que colecionam seus próprios tufos e também os das outras pessoas e costuram ou tecem obras de arte com eles. Por exemplo, a artista Rachel Betty Case cria pequenos ursos. É definitivamente um passatempo extraordinário.

9) Todo umbigo é único.

Não só tufos se encontram dentro do umbigo. E de certo modo, são essas coisas que tornam cada umbigo tão único quanto a impressão digital: até 2.400 bactérias são encontradas no umbigo e cada pessoa tem uma combinação única delas.

10) É uma zona erógena.

Como já mencionado, o umbigo foi considerado provocativo e erótico por muito tempo. No entanto, ele também tem um benefício sexual e físico para a pessoa, pois a pele ao redor do umbigo é sensível e reage muito facilmente ao toque. Assim, o toque do umbigo pode contribuir para o desejo sexual.

O umbigo é uma parte estranha do corpo e contém todos os tipos de segredos. Ele nos faz únicos e nos lembra de nossa origem no útero. E se você quiser, pode até ser artístico!

Fonte:

genial.guru

Comentários

Também incrível