Um experimento mostra o que acontece com uma carteira perdida.

Se você não carrega fotos dos seus entes queridos na carteira, te aconselhamos a fazê-lo já. Em 2008, o psicólogo e catedrático inglês Richard Wiseman levou a cabo um experimento em Edimburgo (Escócia) com resultados incríveis.

 

Ein Beitrag geteilt von Gerg (@greg_fortyfive) am

O pesquisador queria averiguar se o conteúdo de uma carteira era decisivo para determinar se a pessoa que a encontrava a devolveria ao dono.

Para isso, preparou 240 carteiras: em 40 delas, colocou fotos de bebês ou crianças de colo; em outras 40, de cachorros, casais mais velhos ou famílias; em outras 40 não havia fotos, apenas mostras das boas qualidades do dono, como cartão de doador de sangue ou dinheiro. As 40 restantes não tinham fotos nem cartões. 

Finalmente, as 240 carteiras foram deixadas em pontos diferentes de Edimburgo. Depois de certo tempo, 100 delas foram devolvidas. Estes foram os resultados:

pin1

Das 40 carteiras sem fotos ou cartões de doações, apenas 6 foram devolvidas. Este valor corresponde a 15% do total e contrasta fortemente com o número de carteiras com fotos de bebês ou crianças. Destas, 35 foram devolvidas, ou seja, 88%.

Também foram devolvidas muitas carteiras com fotos ou cartões de doação. Das carteiras com fotos de animais fofos, 21 foram devolvidas; com fotos de família, 19, e com fotos de casais, 11. As que tinham cartões de doadores foram a única excessão: apenas 8 foram devolvidas - apenas um pouco além das que não tinham nada. 

 

Ein Beitrag geteilt von Jominic Dones (@jomikko) am

Segundo Richard Wiseman, os resultados do estudo se devem ao fato de os bebês e crianças provocarem uma atitude protetora nas pessoas. A responsabilidade de quem encontra a carteira é ativada e isso faz com a pessoa a devolva. Claramente, as atitudes sociais como doação de sangue ou dinheiro não provocam empatia. 

 

Ein Beitrag geteilt von Abu Rashid (@abu_rashid16) am

Esse estudo demonstra que o melhor é encher sua carteira com fotos: se for com a de um bebê, as probabilidades delas serem devolvidas são ainda maiores. 

Fonte:

awesci, welt

Comentários

Também incrível