Como fazer uma pilha usando moedas, papelão e papel alumínio.

Se você precisa de uma pilha mas não tem nenhuma em casa, você pode usar esta dica incrível para tentar fazer uma com alguns itens caseiros. A dica também é ótima como projeto científico para você testar com seus filhos, se você quiser ensiná-los um pouco sobre física. Tudo o que você precisa é de algumas moedas e alguns outros objetos que você deve ter em casa. O princípio por trás disso tem mais de 2000 anos e explica como as pilhas modernas funcionam.

YouTube/DaveHax

Você vai precisar de:

  • 10 moedas
  • papelão
  • papel alumínio
  • vinagre
  • tesoura
  • um pedaço fio de arame encapado 
  • clips tipo  jacaré

Como fazer:

Primeiro, limpe as moedas mergulhando-as em uma solução de vinagre e sal. Mexa-as dentro do líquido por alguns minutos e depois seque-as com uma toalha de papel. 

YouTube/DaveHax

Use uma das moedas como molde para desenhar círculos no papelão. Corte os círculos usando a tesoura. (Neste exemplo foi desenhado um círculo a mais, apenas para ter um de reserva).

YouTube/DaveHax

Encharque os círculos de papelão com vinagre.

YouTube/DaveHax

Dobre um pedaço de alumínio várias vezes e trace um círculo nele. Corte com a tesoura e você terá vários disquinhos de papel alumínio. Você vai precisar de pelo menos 9 desses. 

YouTube/DaveHax

Agora chegou a hora de fazer a pilha. Comece pegando uma meda e colocando um pedaço de papelão com vinagre em cima dela. Em seguida, coloque um disco de alumínio em cima e continue nessa ordem até você ter usado nove círculos de papelão e nove de papel alumínio. Coloque outra moeda em cima.

YouTube/DaveHax

A pilha está praticamente pronta e você pode ver aqui que ela já é capaz de produzir 4 volts de eletricidade. 

YouTube/DaveHax

Para colocar a sua pilha em uso, use uma fita adesiva para prender o fio nos dois lados da torre de moedas.

YouTube/DaveHax

Prenda os clips jacaré nas outras pontas dos fios. Agora, use a sua pilha de moedas para ligar um aparelho que não precise de muita eletricidade; um controle remoto, por exemplo.

YouTube/DaveHax

Sua pilha de moedas funciona basicamente como uma pilha convencional. A acidez do vinagre age como um eletrólito, que dissolve os átomos do alumínio e libera seus elétrons. Os metais que liberam elétrons chamam-se "metais ferrosos" e servem como polo negativo. Metais como o cobre absorvem elétrons e agem como polo positivo.

Pilhas normais são feitas de carbono (ilustração: a parte preta no meio) ao invés de cobre, ácido de bateria, ao invés de vinagre (parte marrom na ilustração) e zinco, ao invés de papel alumínio (parte externa cinza claro na ilustração).

shutterstock/Zern Liew

 

Quando os fios estiverem presos em um aparelho, como um controle remoto ou lâmpada de LED, o circuito está completo e os elétrons conseguem circular do alumínio para o aparelho pelo cobre. 

YouTube/DaveHax

Veja como é feito no passo a passo deste vídeo (em inglês): 

Pode ser difícil de acreditar, mas a pilha mais antiga já descoberta tem mais de 2000 anos. Ela foi encontrada perto de Bagdá, no Iraque, e era feita com um recipiente de argila, que segurava um cilindro no qual uma vara de ferro estava inserida. O recipiente estava provavelmente cheio de suco de limão ou vinagre. Nesse caso, ela teria funcionado exatamente igual à pilha de moedas. 

A única questão é: o que as pessoas faziam com pilhas 2000 anos atrás? Supõe-se que a "pilha de Bagdá" era usada para tratamentos com eletroterapia. Uma coisa é certa: ela não foi usada em um controle remoto. Mesmo que eles tivessem esse tipo de coisa naquela época, seriam necessárias 10 pilhas de Bagdá para produzir a mesma quantidade de energia que uma pilha de moedas. 

Comentários

Também incrível